04 abril, 2010

Trilha Especial - Rock in Rio

O Brasil já virou destino certo no passaporte de cantores e bandas internacionais. O ano tem apenas três meses e já tivemos shows da Beyoncé, Franz Ferdinand, Coldplay, BB King e Nelly Furtado. Mas esse intercâmbio nem sempre foi assim tão frequente. Os fãs não tinham a mesma sorte há 25 anos. A Madonna, por exemplo, não era figurinha fácil pelo Rio de Janeiro como hoje, talvez porque Jesus Luz nem era nascido. A América Latina era esquecida nas turnês internacionais, os CDs mal chegavam às lojas. Um dos responsáveis por mudar essa história é o empresário Roberto Medina.


A data: 11 a 20 de janeiro de 1985. O público: 1 milhão e 380 mil pessoas. A música: rock n’ roll. O evento não podia ser outro, no dia 11 de janeiro começava o Rock in Rio. Dez dias que ficaram marcados por muitos aplausos, gritos de fãs histéricas, vaias e, é claro, muito rock n’roll.

O festival foi realizado no Rio de Janeiro, como o nome já entrega, em uma área construída especialmente para o evento. O terreno de 250 mil metros quadrados na Barra da Tijuca ganhou o nome de Cidade do Rock. Para o show, foi montado o maior palco do mundo até então, com cinco mil metro quadrados, além de lojas, lanchonetes e locais para atendimento médico. A estrutura criada era equivalente a cinco Woodstocks!

O evento ganhou fama por conseguir trazer nomes internacionais de peso, como: Queen, Iron Maiden, AC/DC, Ozzy Osbourne, entre outros. Os fãs puderam finalmente vez seus artistas favoritos de perto. A sorte é que na época as bandas locais de rock também faziam sucesso, então o festival contou com grandes shows de bandas brasileiras, como Barão Vermelho, Blitz e Paralamas do Sucesso.

De 18 a 26 de janeiro de 1991 o Rio foi invadido pelo Rock, mais uma vez. Com o sucesso do festival, Roberto Medina realizou o Rock in Rio II. Dessa vez os shows aconteceram no Maracanã, já que a Cidade do Rock fora demolida. Billy Idol, Guns N’Roses e George Michael foram alguns dos nomes do evento.

Dez anos depois, a terceira edição do Rock in Rio dá aos fãs nova chance de conhecer seus ídolos. Os organizadores reconstruíram a Cidade do Rock, mas o evento mudou um pouco de cara. Além do palco principal, alguns shows menores eram realizados em tendas separadas por estilo musical: Tenda Eletro, Tenda Brasil, Tenda Raízes e Tenda Mundo Melhor. O início das apresentações ficou marcado pelos cinco minutos de silêncio em prol da melhoria do mundo, já que nessa edição de 2001, o evento tinha o título Por Um Mundo Melhor. Sinos e pombas brancas finalizaram o ato em favor da paz.


O festival marcou a carreira de várias artistas, e encheu o mundo musical de polêmicas. Na última edição no Brasil, a cantora Britney Spears foi vaiada quando mostrou a bandeira dos Estados Unidos, e a sua apresentação recebeu inúmeras críticas pelo uso de playback. Diferente da ex-princesinha do pop, Ozzy Osbourne foi aplaudido no Rock in Rio, mas seu contrato tinha uma cláusula no mínimo estranha: o cantor estava proibido de comer qualquer animal vivo no palco. O contrato fazia referência ao episódio em que Ozzy mordeu a cabeça de um morcego. Os fãs até fizeram uma tentativa, jogaram uma galinha no palco, mas não adiantou.

O Rock in Rio chegou a salvar carreiras. O cantor James Taylor pensava em largar o mundo da música, mas a recepção no Rio de Janeiro o comoveu de tal forma que não só ele desistiu de abandonar a carreira, como compôs uma música em homenagem ao festival – Only a Dream in Rio.

O festival foi realizado em uma época de transição política no país, e isso não foi esquecido pelos artistas brasileiros. Cazuza, vocalista do Barão Vermelho, no show do dia 15 de Janeiro declarou: Que o dia nasça lindo pra todo mundo amanhã. Um Brasil novo e com a rapaziada esperta! Quem viveu nessa época já deve ter entendido a declaração do cantor. Nesse dia ocorria a eleição presidencial indireta, um marco importante para redemocratização brasileira.


Em 2004, Roberto Medina levou o evento para Portugal. O Rock in Rio Lisboa já teve três edições, e já tem uma marcada para este ano. O Rock in Rio Madrid começou em 2008 e também tem outro agendado para este ano. Quanto à volta do evento para o Rio de Janeiro, especula-se que o Rock in Rio IV será realizado em 2011. Mas a volta do festival já foi anunciada outras vezes. Como qualquer fã precavido, é bom só acreditar quando a data estiver marcada e o ingresso em mãos. Enquanto isso, melhor nos contentar com os muitos shows marcados para esse ano.

Música tema do festival clique aqui

Videos do Rock in Rio clique aqui

Pesquisa: Wikipedia

Um comentário:

  1. O importante não e voltar ao Rio, mas ims voltar ao Rock...

    ResponderExcluir

Sugira, comente, manifeste-se sobre esse post!