08 fevereiro, 2011

Trilha Sertaneja

Por Raiane Nogueira

A música sertaneja está em alta no Rio de Janeiro. Borboletas, meteoros e fugidinhas embalam a noite de muitos jovens, adeptos ao chamado sertanejo universitário. Embora não abandone as raízes, o estilo foge um pouco das antigas modas de viola ou das canções sofridas de duplas como Chitãozinho & Xororó ou Zezé di Camargo & Luciano. O “novo” sertanejo vem com uma linguagem menos caracterizada, além de uma notável influência pop.

Entre os principais representantes do movimento, estão as duplas Victor & Leo, César Menotti & Fabiano, Jorge & Mateus, Guilherme & Santiago, João Bosco & Vinícius, Hugo Pena & Gabriel, Fernando & Sorocaba (ufa...), além de cantores como Luan Santana, Michel Teló e Paula Fernandes (aquela que encantou Roberto Carlos no show em Copacabana, no final de 2010).

E se, a princípio, o preconceito por parte dos jovens era enorme, aos poucos o sertanejo foi caindo nas graças desse público. Com o grande número de estudantes vindos do interior para as universidades, passou a ser comum em algumas baladas um momento dedicado à música sertaneja, o que contribuiu para a penetração do gênero. Hoje, muitas boates reservam pelo menos uma noite por semana exclusivamente para o ritmo. É o que fazem, por exemplo, as casas Nuth, Melt, ZeroVinteUm e Botequim Bate-Papo, no Rio, e Rancho do Tomate, em Niterói.

Para encerrar, como estamos perto do carnaval, fica uma dica para os cowboys e cowgirls leitores de A Trilha: neste ano, dois blocos sertanejos vão desfilar pela cidade do Rio. São o “Chora, me liga” e o “E daí?”, nomes das músicas de João Bosco & Vinícius e Guilherme & Santiago, respectivamente. Diversão para todos os gostos.

Pesquisa: G1, Rádio UOL

3 comentários:

  1. Imagina... O estilo está mesmo ganhando espaço. Então acho importante falar dele, já que somos um blog de música. Mesmo que nem todo mundo goste. ;)

    ResponderExcluir
  2. Sertanejo universitário é música de menininhas descerebradas. E quem gosta de menininhas descerebradas? Isso! Nós homens.
    É a "Química do amor",rs, tinha que dar certo!

    E o Luan Santana é o nosso Jastin Bieber, eu sei que estou subestimando a Maria Gadu. rsrs

    "Com o grande número de estudantes vindos do interior para as universidades"
    Ótima observação!

    Parabéns pelo texto.

    ResponderExcluir

Sugira, comente, manifeste-se sobre esse post!